Mamãe, cuidado com a depressão pós-parto

Voltar para Blog
depressão pós parto

Mamãe, cuidado com a depressão pós-parto

Postado Por: Redação Categoria: Mãe 0

A depressão pós-parto é um problema grave

Está chegando aquele momento mágico e inesquecível de dar a luz ao primeiro filho? Parabéns mamãe. Mas você precisa se atentar para um problema bastante comum entre muitas mulheres que acabaram de ter filhos: a depressão pós-parto. Saiba mais a respeito lendo esse post.

depressão pós-parto

O que é depressão pós-parto?

Hoje em dia, com a facilidade que temos em encontrar notícias com esse tema na internet, tomamos conhecimento de vários casos de mulheres que rejeitam seu bebê ou mudam completamente após o nascimento da criança. Dessa forma, é importante saber mais a respeito da depressão pós-parto, um problema que ocorre com milhares de mulheres.

Trata-se de um episódio que ocorre com muitas mulheres logo após o parto. Dessa forma, as novas mamães experimentam desagradáveis sensações como desânimo, tristeza sem motivo aparente, alterações de humor constantes e repentinas, crises de choro recorrentes, dentre outros sintomas psicológicos.

A depressão pós-parto, na maioria das vezes, acontece por causa de uma acentuada alteração hormonal que surge com o fim da gravidez. O problema é que, em algumas mulheres, tais sintomas se manifestam de forma mais intensa. Isso é algo que desencadeia a depressão pós-parto.

Causas

Segundo os especialistas, não existe uma causa específica para esse problema, contudo, fatores físicos, emocionais e até o estilo de vida da gestante pode desencadear esse problema.

Por isso, se você está grávida e anda extremamente estressada com os problemas do dia a dia, vive preocupada com o seu trabalho, não tem um estilo de vida saudável ou não conta com o importante apoio do seu parceiro, tem grandes chances de desenvolver esse tipo de depressão.

Principais sintomas

Além dos sintomas que já citamos, conheça outros indícios que você pode estar com depressão pós-parto:

– Sensação de tristeza constante;

– Sentimento de desespero sem motivo;

– Perda do interesse no filho que acabou de nascer ou em coisas que gostava de fazer antes;

– Ganho ou perda de peso;

– Fome excessiva;

– Falta de disposição no dia a dia;

– Inquietação e cansaço recorrentes;

– Sensação de indignação ou culpa sem motivo aparente;

– Ansiedade excessiva;

– Dificuldade de concentração e preocupação demasiada.

Vale lembrar que, quanto mais rápido você procurar ajuda médica, mais eficaz será o seu tratamento. Depressão pós-parto tem cura!

Tratamento para a depressão pós-parto

Se você acabou de dar a luz há pouco tempo e está sentindo um ou mais desses sintomas, é melhor procurar ajuda de um especialista. Isso porque, caso os sintomas mais evidentes sejam a perda do interesse ou tristeza excessiva, as chances de você ter depressão pós-parto serão imensas.

O tratamento para esse problema inclui medicamentos específicos, terapias como yoga ou meditação e até acompanhamento psicológico. No entanto, cada caso é único e somente um médico é quem pode indicar o melhor tratamento para o seu caso, que será feito depois de uma avalição clínica completa.

Conclusão

Em síntese, vimos como a depressão pós-parto é uma coisa séria e pode atrapalhar bastante toda a sua rotina diária, tanto com seus familiares quanto com o seu bebê? Por isso, fique atenta aos sintomas e ao menor indício poucas semanas depois de dar a luz. Sendo assim, procure tratamento médico, caso esteja sentindo algum deles.

 

Compartilhar Post

Voltar para Blog