Recuperação pós-parto: Confira algumas dicas

Voltar para Blog
pós-parto

Recuperação pós-parto: Confira algumas dicas

Postado Por: Redação Categoria: Mãe 0

Dicas sobre a recuperação pós-parto

A gravidez traz consigo uma transição para o pós-parto e uma variedade de questões e sintomas ainda desconhecidos pela nova mamãe. Não é uma questão de como foi a gravidez, se o parto foi fácil ou não, seu corpo passou por um processo de esticamento e um amontoado de estresse e precisa de tempo para voltar à normalidade.

Para cada nova mãe há um ritmo diferente para isso, sintomas como dores nas costas, mamilos doloridos e as dores perineais podem durar até semanas após o parto. O sangramento pós-parto leva em torno de seis semanas para estancar, é um período intenso onde são expelidos alguns restos de sangue, muco e o descolamento das paredes do útero. Sempre preste atenção ao sangramento, sangrar a ponto de trocar o absorvente de hora em hora pode ser uma hemorragia e seu médico deve ser consultado.

pós-parto

Cuide do seu períneo

Faça o congelamento dele pelo menos a cada duas horas no primeiro dia após o nascimento do bebê, coloque água morna em um spray e o utilize antes e depois de fazer xixi para que a urina não irrite a pele que foi rompida. Evite longos períodos em pé para não forçar a região.

 

Ajude na cicatrização da cesariana

Limpe a região da cicatriz uma vez ao dia com água e sabão, seque com uma toalha higienizada e use uma pomada antibiótica. No que se refere a cobertura da ferida é uma questão a ser discutida com o seu médico, preste bem atenção se aconselha cobrir ou deixar aberta para que fique arejada. Evite carregamento de peso, isso inclui as coisas do seu bebê, toda a ajuda será necessária para a sua recuperação e adie seus hábitos de exercícios até que o médico libere novamente.

 

Dê atenção a regularização do intestino

Leva um tempo até a primeira vez que você vai evacuar, não force esse processo, o corpo humano é uma máquina natural. É importante que você tenha uma alimentação rica em fibras, que faça exercícios leves como caminhadas e evite acelerar o processo, isso pode causar algum dano para as lacerações perineais ou para a cicatriz da cesárea.

 

Continue a caminhada

Certamente os exercícios estarão fora dos seus limites durante as primeiras semanas, caso você tenha passado pela cesárea, então você não voltará de imediato as suas rotinas de pré-gravidez, mas também não importa como o parto foi feito, você pode fazer mais do que você pensa. Faça pequenas caminhadas pela sua casa mesmo, pela vizinhança ou qualquer lugar próximo, isso vai te ajudar com a prisão de ventre e com os gases. Libera endorfina, aumenta a circulação e não deixa seus músculos ficarem preguiçosos e te encherem de cãibras.

 

Depressão pós-parto

A maternidade é romantizada e existem muitos pontos a serem desconsiderados um tabu, a depressão pós-parto é um deles. A grávida passa por uma verdadeira montanha-russa de hormônios, passa por privação de sono, cansaço 24 horas e a luta para se adaptar a vida com seu pequeno bebê. Sendo assim, você pode adquirir sentimentos como falta de esperança, solidão, se sentir facilmente irritada ou ansiosa, se este quadro persistir por mais do que duas semanas o seu médico deve ser consultado. Não há do que se envergonhar porque a culpa disso não é sua e você não está só, muitas mamães passam pelo quadro, dedicam-se a cuidar de si e toda a experiência transformadora ganhará um sentido novo na sua vida e você irá se recuperar totalmente, apreciando toda essa etapa especial com essa nova vida em suas mãos!

Compartilhar Post

Voltar para Blog